sábado, abril 30, 2011



 Eu poderia muito bem, continuar meus passos sozinha, sem precisar dos teus, para me acompanhar. Eu poderia seguir em frente sem olhar pra trás. Desistir. Esquecer. Mas qual seria o sentido de tudo isso, se não fosse você? E para que eu iria querer continuar, se sem você, eu perco todas as minhas vontades? Não quero. Não posso. Eu preciso de você. E cada passo que eu der, eu vou querer segurar a sua mão. Porque eu não sei onde ir, sem você. Eu te amo, e não vou até a porta se você não for comigo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário